quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Mata a Mata

OK, eu entendo gente que queira se expressar, se soltar, simplesmente adotar um estilo e se afirmar, pé no chão e tudo. Entendo as roupas mais espalhafatosas (gostando ou não), as coisas mais cafonas e gente que só parece querer aparecer.

Às vezes preciso me esforçar pra isso, mas eventualmente entendo.

O que eu NÃO entendo é falta de simancol. Quem vai ASSIM pra um show?
IMG00037

Vc demora um tempo se acotovelando pra chegar a um ponto da multidão onde tenha boa visibilidade e, do nada, uma magricela pra quem é bem mais fácil deslizar pelo meio da galera coloca essa coisa na sua frente.

E a frase da noite foi: “Quem chamou a Vanessa da Mata pro show da Maria Gadu?”

6 comentários:

A Senhora disse...

Caramba! E a menos que estivesse num lugar mais alto, não era baixinho. :))

bjs

Pesando a Caneta !!! disse...

eu jogaria umas bituca de cigarro lá dentro soh de represália...hsausuasah

(alex)

Papagaio Mudo disse...

de que Mata ela saiu...?

:*

Gus

iaiá disse...

como sou baixinah sempre me lasco nessas horas...

Tyr Quentalë disse...

Oras Troll, que lado frustrado é esse? Eu teria aproveitado o momento para ter uma conversa sarcástica com a distinta pessoa, sobre eventuais modas capilares, ou teria feito um belo discurso, no melhor de meus humores, apenas para ver surgir aos lábios o sorriso amarelado e a eventual saída pela esquerda em busca de uma cova para se enterrar.

Prussiano disse...

Hmmm... a droga é que , nessas horas, a gente nunca tem por perto um aparador de grama pra 'fazer o serviço' que a criatura deveria ter feito no cabeleireiro!!
Sabe aqueles tesourão de aparar grama !?! Psé !

=/

Tchüss !